Xerife Fontoura pega coronavírus em New Jersey

Foto18 Armando Fontoura scaled Xerife Fontoura pega coronavírus em New Jersey
“As pessoas acham que tudo é legal e bonitinho, mas não é”, disse Fontoura. “Isso é sério. Você precisa ficar longe um do outro”

Ele foi submetido ao teste no sábado (28) e no dia seguinte, domingo (29), descobriu que estava com o vírus

O xerife do Condado de Essex, Armando Fontoura, já passou por muita coisa durante seus 53 anos trabalhando como agente de segurança pública. Como policial do Departamento de Polícia de Newark (NPD), Fontoura serviu em meio aos tumultos de 1967. Sete anos depois, ele resistiu ao quebra-quebra envolvendo porto-riquenhos, quando seu carro-patrulha foi incendiado perto do Branch Brook Park. Agora, Fontoura está confiante de que vai superar seu desafio mais recente: O xerife, de 76 anos, informou ter testado positivo para o coronavírus, no domingo (29), tornando-o um dos mais de 1.200 casos no Condado de Essex.

“Essa coisa não vai me derrubar”, disse Fontoura. “Estou aqui há muito tempo”.

Apesar de emocionado, ele demonstrou determinação em superar a doença. Durante o discurso, ele homenageou os agentes de primeiros socorros e profissionais de saúde que estão na linha de frente, quando falava de sua casa em Fairfield (NJ), onde está de quarentena.

“Estou tão orgulhoso de fazer parte disso”, disse ele, fazendo uma pausa para falar ao telefone. “Essas pessoas estão lá fora”, acrescentou, com a voz embargada, “estão se colocando em risco”.

Fontoura disse que os agentes do escritório do xerife estão fazendo tudo o que podem para forçar a paralisação dos parques, principalmente quando vêem pessoas se reunindo. Ele recebeu ligações de moradores do bairro do Ironbound, em Newark (NJ), reclamando sobre pessoas jogando futebol no Independence Park, relatou. As infrações também ocorre nas imediações do Branch Brook Park, onde os moradores continuam se aglomerando.

“As pessoas acham que tudo é legal e bonitinho, mas não é”, disse Fontoura. “Isso é sério. Você precisa ficar longe um do outro”.

Fontoura, que é xerife há 29 anos, disse que está trancado, separado de sua esposa, Mary, que tem problemas de saúde. A filha e o neto deles, ele detalhou, fizeram uma limpeza completa, certificando-se de que ele tenha máscaras e luvas, mesmo quando entra no banheiro.

“Estou lá”, disse ele. “Até aí tudo bem”.

Fontoura detalhou que corre quase todos os dias às 5:30 da manhã e pensou que a tosse, iniciada na semana passada, não passasse de alergias. Entretanto, quando a temperatura dele chegou a 100º na sexta-feira (27), ele foi fazer o teste no sábado (28). No dia seguinte, ele descobriu que estava com o vírus.

Apesar de tudo, a preocupação dele permanece com os profissionais de saúde e agentes de segurança. “Todos precisam fazer o teste antes de levarem isso para casa e família”, disse ele. “Essa é a minha esperança e oração”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend