Ronaldo “Jacaré” Souza testa positivo para coronavírus antes de luta

Ronaldo Jacare Souza Ronaldo Jacaré Souza testa positivo para coronavírus antes de luta
Ronaldo “Jacaré” Souza testou positivo para o coronavírus na sexta-feira (8), de acordo com Stephen A. Smith da ESPN
Ronaldo Jacare Souza  Ronaldo Jacaré Souza testa positivo para coronavírus antes de luta
Souza, de acordo com o relatório, chegou à Flórida na quarta-feira (6) e disse às autoridades do UFC que um membro da família dele pode ter testado positivo

O lutador brasileiro de MMA e 2 auxiliares de rinque testaram positivo para o vírus antes do UFC 249, na Flórida

A próxima luta de Ronaldo “Jacaré” Souza contra o Uriah Hall no UFC 249 no sábado (9) terá que esperar. O brasileiro testou positivo para COVID-19 na sexta-feira (8), de acordo com Stephen A. Smith da ESPN. A luta entre os dois oponentes foi cancelada, embora o UFC 249 ainda continue como programado no VyStar Veterans Memorial Arena, em Jacksonville, Flórida.

Souza, de acordo com o relatório, chegou à Flórida na quarta-feira (6) e disse às autoridades do UFC que um membro da família dele pode ter testado positivo. Ele não estava apresentando nenhum sintoma. Souza foi então testado e supostamente isolado, mas ele pesou e apareceu em fotos com o presidente do UFC Dana White, na sexta-feira (8), antes de seu teste positivo revelar. Souza usava luvas e uma máscara durante a pesagem e o confronto.
Oficiais do UFC, pela ESPN, atuam com as autoridades atléticas da Flórida no UFC 249 após o teste positivo. Eles determinaram que a disputa pode seguir adiante “porque o sistema funcionou”. Tony Ferguson e Justin Gaethje disputarão numa luta pelo título leve. O UFC realizou 1.200 testes em 300 pessoas nesta semana e os outros 23 lutadores agendados para lutar tiveram resultado negativo, de acordo com a ESPN.

“A equipe médica do UFC examinou Souza e seus dois auxiliares de rinque e os constatou atualmente assintomáticos ou não exibindo os sintomas comuns do COVID-19”, afirmou o UFC em comunicado. “De acordo com os protocolos de saúde e segurança do UFC, todos os três homens deixaram o hotel anfitrião e se isolaram fora das instalações, onde a equipe médica do UFC monitorará suas condições remotamente e prestará assistência com qualquer tratamento necessário.

“Desde a chegada deles no início da semana até a luta de hoje (9), Souza e seus companheiros seguiram os protocolos de saúde e segurança do UFC, incluindo praticar distanciamento social, usar equipamento de proteção pessoal e se auto-isolar sempre que possível.

“Não houve outros testes positivos do COVID-19 relatados pelos demais atletas participantes do UFC 249. O resultado é indicativo da eficácia das medidas de saúde e segurança que o UFC adotou para este evento”, diz o comunicado.

Havia mais de 1,2 milhão de casos confirmados de coronavírus nos Estados Unidos na noite de sexta-feira (8), segundo o jornal New York Times, e mais de 77 mil mortes atribuídas ao vírus. Houve quase 40 mil casos na Flórida e 1.088 no condado de Duval (FL), onde a luta está ocorrendo.

 

Related posts

Send this to a friend