Restaurantes e bares fazem somente “delivery” em NYC

Foto26 Times Square Restaurantes e bares fazem somente “delivery” em NYC
As ações são semelhantes às anunciadas em Ohio, Washington-DC e em grande parte da Europa Ocidental, todas atingidas pelo vírus mortal também

As restrições entraram em vigor às 9:00 am de terça-feira (17)

No domingo (15), o Prefeito Bill de Blasio anunciou que a vida noturna da Big Apple será suspensa e seus restaurantes e bares só fornecerão serviço de entrega (delivery), enquanto as autoridades lutam para se antecipar à crescente pandemia de coronavírus. As restrições entraram em vigor às 9:00 am de terça-feira (17) e são semelhantes às medidas anunciadas em Ohio, Washington-DC e em grande parte da Europa Ocidental, todas atingidas pelo vírus mortal também.

“Nossas vidas estão mudando de maneiras inimagináveis há apenas uma semana”, disse Blasio em comunicado divulgado pela Prefeitura de Nova York, que reconheceu que a medida foi “drástica”.

“Estamos adotando uma série de ações que nunca teríamos tomado de outra maneira, em um esforço para salvar a vida de entes queridos e de nossos vizinhos”, acrescentou.

Blasio foi criticado intensamente por decidir apenas no domingo (15) fechar as escolas públicas da cidade diante do surto; uma decisão que veio dias depois de outras grandes cidades nos EUA fecharem as suas. Ele detalhou que a ação está autorizada através de uma ordem executiva.

As restrições significam que bares, cafés e restaurantes devem fechar suas salas de jantar e só poderão atender clientes através de pedidos de entrega (delivery). Além disso, Blasio está ordenando que as boates, cinemas, locais de concertos e teatros na região da Broadway sejam fechadas também.

“Esse vírus pode se espalhar rapidamente através das interações estreitas que os nova-iorquinos têm em restaurantes, bares e lugares onde nos sentamos juntos”, disse o comunicado de Blasio. “Temos que quebrar esse ciclo”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend