Republicanos apoiam programa de treinamento para estudantes internacionais

Universidade Princeton Republicanos apoiam programa de treinamento para estudantes internacionais
Campus da Universidade de Princeton, em New Jersey (detalhe)

A carta assinada por 21 legisladores republicanos pede a manutenção do programa de Treinamento Prático Opcional (OPT), o qual visa atrair talentos estrangeiros

Numa reviravolta no impasse político sobre possíveis novas restrições à imigração, 21 republicanos da Câmara dos Deputados enviaram uma carta ao secretário de Estado, Mike Pompeo, e ao secretário interino de Segurança Interna (DHS), Chad Wolf, pedindo apoio ao treinamento prático opcional (OPT) para estudantes internacionais. Fontes confirmaram que a administração Trump esperava usar a recente crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus para impor novas restrições aos portadores de visto H-1B, estudantes internacionais e outros estrangeiros. A possibilidade de mais restrições por parte da administração atual levou os membros do Congresso a avaliarem a situação.

“Escrevemos para solicitar sua ajuda para garantir a capacidade de nossa nação de atrair, educar e se envolver com os melhores e mais brilhantes estudantes e acadêmicos de todo o mundo”, começa a carta de 2 de junho de 2020 redigida pelos republicanos da Câmara. “Para promover a meta, solicitamos que suas agências adotem processos adequadamente otimizados para garantir que os estudantes internacionais possam se inscrever no outono e preservar o programa de Treinamento Prático Opcional (OPT), que permite ao nosso país competir globalmente no mercado de estudantes internacionais”.

A carta pediu ao Departamento de Estado e o Departamento de Segurança Interna (DHS) para garantir que estudantes internacionais possam chegar aos campi universitários dos EUA no outono. “Para esse fim, pedimos que seus respectivos departamentos compartilhem os planos para atender ao aumento esperado na demanda por vistos, incluindo como os consulados dos EUA poderão priorizar e processar aplicações que incluem os vistos F-1 e J-1” solicitou aos membros da Câmara. “Acreditamos que várias opções estão disponíveis para suas agências, incluindo a capacidade de renunciar a determinados requisitos de entrevista, priorizar o reagendamento de pedidos cancelados durante o Covid-19 e criar um processo oportuno de renovação e aplicação para professores, pesquisadores, cientistas e aqueles que são necessários nos campi dos EUA enquanto se espera que as instruções sejam reabertas”.

O foco da carta é a defesa do Treinamento Prático Opcional: “Pedimos ao Governo para esclarecer publicamente que o OPT permanecerá totalmente intacto, para enviar as mensagens corretas ao exterior sobre os EUA como um destino atraente para estudantes internacionais. Países como o Canadá, Reino Unido, China e Austrália reforçam as políticas de imigração para atrair e reter estudantes internacionais, a última coisa que nosso país deve fazer nessa área é nos tornar menos competitivos, enfraquecendo o OPT. O programa é essencial para muitos estudantes internacionais que desejam não apenas estudar nos EUA, mas também ter vivenciar treinamento pós-conclusão (do curso)”.

Os 21 legisladores republicanos que assinaram a carta são: Steve Stivers (R-OH), Bill Flores (R-TX), Peter King (R-TX), Rodney Davis (R-IL), Rob Woodall (R-GA), John Katko (R-NY), Chuck Fleischmann (R-TN), Fred Upton (R-MI), Pete Olson (R-TX), Ann Wagner (R-MO), Brian Fitzpatrick (R-PA), Joe Wilson (R-SC), Clay Higgins (R-LA), H. Morgan Griffith (R-VA), John Shimkus (R-IL), David Schweikert (R-AZ), Tom Reed (R-NY), Don Bacon (R-NE), Don Bacon (R-NE), Dan Newhouse (R-WA) , Rep. Trent Kelly (R-MS) e Rep. Cathy McMorris Rodgers (R-WA).

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend