Rancheiro é preso por disparar arma para “assustar” indocumentados

Foto17 Enrique Fernandez Rancheiro é preso por disparar arma para assustar indocumentados
O réu Enrique Fernandez, por possuir antecedentes criminais, foi detido sem direito à fiança

Enrique Fernandez, que possui antecedentes criminais, foi entregue aos agentes do Departamento de Polícia do Condado de Brownsville (TX)

Semana passada, um indivíduo no Texas foi acusado de atirar na direção de imigrantes indocumentados que, segundo ele, invadiram a propriedade dele. Enrique Fernandez, de 56 anos, chamou a atenção das autoridades depois de disparar uma arma em seu rancho em Brownsville. Agentes da Patrulha da Fronteira (CBP) alertaram o escritório do xerife do Condado de Cameron sobre o fato de terem ouvido disparos enquanto procuravam por imigrantes indocumentados na região.

Enrique disse aos patrulheiros que atirou 3 vezes para o ar com o intuito de assustar pessoas que ele viu na propriedade dele, segundo documentos apresentados no tribunal. Ele alegou que não atirou na direção das pessoas.

Fernandez, que possui antecedentes criminais, foi entregue aos agentes do Departamento de Polícia do Condado de Brownsville. Os policiais o acusaram de disparar ilegalmente uma arma de fogo no município. O réu compareceu à Corte Federal, na manhã de segunda-feira (5), segundo o canal de TV local KGBT. O advogado de defesa dele, Reynaldo Garza, disse que seu cliente não atirou em ninguém. Ele acrescentou que os patrulheiros procuram por imigrantes clandestinos na propriedade de Enrique.

“Ele (Fernandez) os quer fora da propriedade dele”, disse Reynaldo.

Um juiz federal determinou que Fernandez fosse preso sem direito à fiança antes da audiência preliminar, que ocorreu na quinta-feira (8).

Brownsville fica localizada no extremo sul do Texas, a poucos metros da fronteira dos EUA com o México.

 

Related posts

Send this to a friend