NJ: Brasileiro procurado por assassinato é preso em batida do ICE

Foto1 Batida ICE NJ: Brasileiro procurado por assassinato é preso em batida do ICE
As prisões efetuadas em New Jersey ocorreram entre 27 de janeiro e 1 de fevereiro e resultaram na prisão de 115 estrangeiros (Foto: ICE)

O foragido brasileiro, de 53 anos, foi preso em Newark (NJ), entretanto, não teve a identidade divulgada pelas autoridades federais

Os agentes do Departamento de Alfândega & Imigração (ICE) prenderam 115 imigrantes durante a batida de 5 dias em New Jersey e entre os detidos está um indivíduo procurado por assassinato no Brasil. As autoridades federais prenderam estrangeiros indocumentados de 23 países diferentes na operação que terminou no sábado (1).

Em Newark (NJ), o Setor de Operações de Cumprimento das Leis & Remoção (ERO), subordinado ao ICE, prendeu um brasileiro de 53 anos procurado naquele país por homicídio, informou na terça-feira (4) o ICE. Na quarta-feira (5), um porta-voz do órgão ainda não havia recebido mais detalhes sobre as acusações ou o nome do foragido.

As autoridades detalharam que 84% dos estrangeiros detidos têm antecedentes criminais ou acusações pendentes.

“Essa ação especial concentra-se na prisão de indivíduos condenados por crimes graves e representam ameaça à segurança pública”, disse Ruben Perez, diretor interino do ICE em Newark, através de comunicado. “Devido aos esforços desses agentes, existem 115 criminosos a menos em nossas comunidades”.

Conforme o ICE, as prisões, efetuadas entre 27 de janeiro e 1 de fevereiro, ocorreram em:

. Em Fairfield, um peruano de 58 anos de idade, que possui um mandado no Peru por extorsão.

. Em North Bergen, um salvadorenho de 44 anos de idade, condenado por pôr em risco o bem-estar de uma criança.

. Em Elizabeth, uma salvadorenha de 28 anos, que tem um caso pendente em El Salvador por homicídio.

. Em Glassboro, um mexicano que já foi deportado de 60 anos, condenado por homicídio.

. Em Guttenberg, um mexicano de 40 anos, condenado por abuso infantil, DUI e violência doméstica.

. Em North Brunswick, um jamaicano de 42 anos, condenado por tráfico de drogas e exportação de cocaína.

. Em Plainfield, um guatemalteco de 31 anos de idade, condenado por violência doméstica e DUI.

. Em Paterson, um salvadorenho de 45 anos de idade, condenado por pôr em risco o bem-estar de uma criança e DUI.

. Em Passaic, um boliviano de 50 anos de idade, que tem várias condenações por pôr em risco o bem-estar de uma criança, dificultando a apreensão e DUI.

. Em Pompton Plains, um inglês de 55 anos de idade, condenado por incêndio criminoso, violência doméstica e distribuição de entorpecentes.

. Em West Milford, um mexicano que já foi deportado de 46 anos, condenado por contato sexual criminoso envolvendo menores de idade.

. Em Paterson, um dominicano de 22 anos, membro da gangue de rua Trinitarios com condenações pelo crime de posse de arma e roubo.

. Em Paterson, um salvadorenho de 20 anos, membro da gangue MS-13.

Em 2019, uma batida semelhante realizada pelo ICE em New Jersey resultou na prisão de 123 imigrantes indocumentados e naturais de 14 países diferentes. Alguns dos presos enfrentarão processos criminais federais por entrada ilegal e reentrada ilegal nos EUA após a deportação, informaram as autoridades.

Quem entra ilegalmente nos EUA após a deportação pode pegar até 20 anos de detenção numa penitenciária federal, conforme a lei.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend