Médico morre de coronavírus em NJ

Leo DelaCruz Médico morre de coronavírus em NJ
A administração hospital informou que o Dr. Léo Dela Cruz não tratou pacientes com coronavírus antes de adoecer

O Dr. Léo Dela Cruz faleceu em decorrência de complicações provocadas pelo vírus, na quarta-feira (8)

Um psiquiatra que trabalhou no Hospital Christ, no Condado de Hudson, morreu de complicações do coronavírus, informaram funcionários do hospital na quarta-feira (8). O Dr. Leo Dela Cruz morreu no Holy Name Hospital quarta-feira (8) de manhã, disse o porta-voz da CarePoint Health, Eric Bloom.

“É com muita tristeza que compartilhamos com vocês a notícia da morte do nosso querido médico assistente, o Dr. Leo DeLaCruz”, disse através de um comunicado o Dr. Tucker Woods e Marie Duffy. “Uma vez que você conhecesse o Dr. Dela Cruz, nunca o esqueceria por causa de sua personalidade gentil e divertida”.

“Ele era uma boa pessoa, um homem doce que era amado por todos no hospital. Ele era um grande psiquiatra para os pacientes em nossa comunidade e também um grande amigo e conselheiro para nossa própria equipe. Se alguém estivesse passando por um período difícil, ele estava lá para ajudar”, acrescentaram.

Bloom relatou que Cruz não tratou pacientes com coronavírus antes de adoecer. Funcionários do Condado de Hudson e do Estado informaram que o condado registrou mais de 5.300 casos de coronavírus, incluindo 1.970 em Jersey City. Em tributos nas mídias sociais, amigos e colegas de trabalho postaram que Cruz ganhou o prêmio de “melhor médico” por 3 anos consecutivos.

“Ele é um dos melhores amigos que você poderia ter com uma alma gentil, cheio de vida e amor para todos”, disse um amigo. “Votado como um dos melhores médicos de New Jersey por três anos seguidos!”

Os administradores da CarePoint Health criaram um fundo de ajuda aos afetados pelo surto de COVID-19 através da CarePoint Health Foundation para aliviar parte da pressão exercida sobre os funcionários do hospital e “fornecer assistência financeira e outros meios de apoio às famílias daqueles que a CarePoint perdeu”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend