Lojas fechadas são alvo de arrombamentos em NYC

Viatura NYPD  Lojas fechadas são alvo de arrombamentos em NYC
Os bandidos aproveitam o período de quarentena para invadir estabelecimentos comerciais na Big Apple, informou a polícia

Os crimes aumentaram 38% na região com relação ao mesmo período no ano passado

Em abril, os arrombamentos aumentaram 38% em New York City, em comparação com o mesmo período em 2019, uma vez que lojas, spas e bares que permanecem fechados por causa do coronavírus parecem alvos fáceis. Em um assalto recente, um bandido invadiu uma loja de flores em Queens (NY) através de uma janela quebrada e roubou US$ 1.200, um iPad e iPhone na manhã de sábado (16), disseram policiais. O ladrão, que foi filmado pelas câmeras de vídeo da loja, até parou para pegar um ursinho de pelúcia no VIP Wedding & Sweets Wedding Center, na 108th Street, em Forest Hills, acrescentaram as autoridades.

Em um segundo roubo também no Queens, a dona de um spa que voltou aos seu negócio para começar a reabri-lo domingo (17) descobriu que um ladrão havia invadido pelo telhado, disseram policiais. A proprietária do Spa Bellagio, na Roosevelt Avenue, relatou à polícia que o bandido revirou o local e roubou US$ 50 mil, segundo as autoridades.

Em um terceiro roubo, 2 bandidos foram filmado pela câmera de segurança em um bar de Manhattan (NY). O proprietário do Distrito Social Club, na West 38th Street, em Midtown, disse à polícia que recebeu um alerta do alarme de segurança por volta da meia-noite de sábado (16). O vídeo registrou 2 homens dentro do estabelecimento, vestidos de preto com lanternas, disseram policiais. Os indivíduos usaram ferramentas elétricas para abrir um cofre e um caixa eletrônico, apenas para fugir com US$ 50 e um computador, disseram policiais. Os ladrões entraram cortando uma grade do porão.

Todos os estabelecimentos estavam fechados durante várias semanas por causa do coronavírus.

 

Related posts

Send this to a friend