N.J. encomenda 20 caminhões refrigerados para armazenar até 1.680 corpos

Meadowlands Exposition Center  N.J. encomenda 20 caminhões refrigerados para armazenar até 1.680 corpos
O 1º hospital improvisado no estado para ajudar a lidar com um excesso de pacientes está programado para abrir no Meadowlands Exposition Center (detalhe)

A ação visa aliviar necrotérios, casas funerárias e se preparar para o aumento de óbitos decorrentes do surto do vírus fatal 

New Jersey encomendou 20 caminhões frigoríficos capazes de armazenar 1.680 corpos para aliviar o estresse de necrotérios e casas funerárias, enquanto a batalha contra o coronavírus continua com o pico projetado em casos a menos de 10 dias, disseram autoridades na segunda-feira (6). O superintendente interino da Polícia Estadual, Patrick Callahan, fez o pronunciamento quando o Estado Jardim ultrapassou 1 mil mortes durante o surto. A notícia foi divulgada menos de uma semana depois que as autoridades disseram que planejavam encomendar os caminhões.

“Não tenho um dia específico, mas em breve”, disse o Governador Phil Murphy na quarta-feira (1), quando perguntado em sua coletiva de imprensa diária sobre o coronavírus se eles seriam necessários e se a solicitação veio do Governo Federal.

Na segunda-feira (6), Murphy anunciou que as mortes por coronavírus em New Jersey aumentaram para 1.003, enquanto as autoridades de saúde informaram que o total de testes positivos para COVID-19 saltou para pelo menos 41.090 casos. O Governador disse no domingo (5) que o estado deve receber outros 500 respiradores artificiais do estoque nacional para tratar as pessoas.

A nova remessa significa que o estado recebeu ou receberá 1.350 dos respiradores que Murphy pediu ao Presidente Donald Trump que fossem enviados a New Jersey. Várias máquinas do Governo Federal, no entanto, não estavam funcionando corretamente e exigiram reparos. Na manhã de segunda-feira (6), New Jersey tinha 6.390 pacientes no hospital com casos confirmados ou suspeitos de coronavírus, informou a comissária de saúde do estado, Judith Persichilli. Desses, 1.505 estavam em terapia intensiva, detalhou ela.

As autoridades informaram que o primeiro hospital improvisado no estado para ajudar a lidar com um excesso de pacientes estava programado para abrir na segunda-feira (6) no Meadowlands Exposition Center, em Secaucus (NJ). Os primeiros pacientes poderão começar a chegar em poucos dias. O Governo Federal está ajudando a construir outros dois hospitais improvisados no estado. Uma deve abrir em 8 de abril no Centro de Convenções e Exposições de New Jersey em Edison e outro em 14 de abril no Centro de Convenções de Atlantic City, disseram autoridades.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend