ICE retornou aos EUA 113 cidadãos em voo de deportação à Honduras

Voo ICE ICE retornou aos EUA 113 cidadãos em voo de deportação à Honduras
Os cidadãos ocuparam os assentos “Espaço Disponível” (A) em voos para os Estados Unidos oriundos de Honduras (Foto: ICE)

A ação foi realizada durante o retorno de um voo de deportação da ICE Air Operations

Na segunda-feira (6), o Departamento de Imigração & Alfândega (ICE), atuando com o Departamento de Estado, retornou aos EUA o total de 113 cidadãos e residentes legais permanentes (Green card). A ação foi realizada durante o retorno de um voo de deportação da ICE Air Operations. Os cidadãos ocuparam os assentos “Espaço Disponível” (A) em voos para os Estados Unidos oriundos de Honduras.

O ICE deportou hondurenhos com ordens finais de remoção dos EUA em 6 de abril. No voo de retorno aos Estados Unidos, o ICE facilitou o transporte de cidadãos, de acordo com a Circular OMB A-126 e o DHS MD 0020.1.

Antes de embarcar em um voo da ICE Air, os passageiros têm a temperatura medida (100,4º graus) e são verificados outros sintomas. Os detidos com sintomas são imediatamente encaminhados a um médico para posterior avaliação e observação.

O ICE continuará atuando com o Departamento de Estado para facilitar o retorno seguro de cidadãos dos EUA em futuros retornos de voos de deportação para a Guatemala, Honduras e El Salvador durante toda a duração da pandemia do COVID-19. Essas operações de retorno começaram a se expandir para outros países fora do Triângulo Norte, incluindo Colômbia e Nicarágua.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend