ICE detém veterano e cidadão dos EUA durante protesto contra violência policial

Agentes ICE ICE detém veterano e cidadão dos EUA durante protesto contra violência policial
O incidente ocorreu durante uma manifestação pacífica em New York City, na quarta-feira (3)

O manifestante temporariamente detido era um veterano militar que decidiu participar do protesto ocorrido no bairro onde vive e trabalha, em New York City

Um manifestante que participou de um dos muitos protestos contra a brutalidade policial ocorridos na cidade de Nova York nesta semana foi detido por agentes do Departamento de Imigração (ICE), que suspeitavam que ele estivesse portando uma arma. O Immigrant Defense Project (IDP), uma ONG que presta serviços jurídicos aos imigrantes, compartilhou um vídeo na sexta-feira (5) à tarde mostrando um homem que eles dizem ser de descendência porto-riquenha sendo detido por um grupo de agentes, um dos quais está usando um colete, identificando-o como membro do Homeland Security Investigations (HSI), uma divisão subordinada ao ICE. Um advogado do IDP disse ao canal de TV NBC News que nenhuma arma foi encontrada.

O incidente ocorreu na quarta-feira (3), de acordo com a ONG e supostamente envolveu 5 agentes que “saíram de uma caminhonete com armas em mãos e o (indivíduo) jogaram ao chão”.

“O padrão que vemos neste caso é semelhante aos que vimos nas detenções do ICE ocorridas do lado de fora dos tribunais”, disse ao NBC News Terry Lawson, um advogado do IDP. “Eles não se identificaram, o aterrorizaram, apontaram suas armas para ele e nunca disseram por que o atacaram”.

O porta-voz do HSI da jurisdição de Nova York, Rachael Yong Yow, disse em um comunicado à imprensa que os agentes estavam trabalhando com as autoridades locais e que o incidente não estava relacionado à imigração.

“O HSI tem autoridade para realizar prisões conforme necessário”, disse ela. “Os agentes especiais do HSI identificaram uma pessoa considerada portadora de uma arma, portanto, uma ameaça à segurança pública. Nenhuma prisão foi feita. Yow não respondeu às perguntas sobre se alguma foi realmente encontrada com o suspeito.

Agentes de imigração de vários departamentos foram convocados para ajudar no policiamento em cidades de todo o país, acompanhando protestos em massa contra a brutalidade policial após o assassinato de George Floyd, em 25 de maio, por um policial. Na terça-feira (2), mais de 600 agentes do ICE estavam em Washington-DC, de acordo com uma postagem no Tweet de Chad Wolf, secretário interino do Departamento de Segurança Interna (DHS).

“A agência (ICE) não detenções em locais sensíveis, incluindo manifestações públicas, exceto quando há uma ameaça iminente à segurança pública ou à segurança nacional”, acrescentou Yow.

De acordo com o IDP, o indivíduo temporariamente detido era um veterano militar que decidiu participar do protesto ocorrido no bairro onde vive e trabalha.

“É realmente preocupante ver o ICE nas ruas, detendo alguém que está protestando pacificamente antes do toque de recolher, que não estava fazendo absolutamente nada de errado”, disse Lawson ao NBC. “O uso da força também parece muito preocupante e o fato de ele ser um homem de descendência porto-riquenha é realmente perturbador, pois levanta questões sobre o perfil racial”.

 

Related posts

Send this to a friend