Governdor ordena bandeiras a meio-mastro por tempo “indeterminado”

Bandeira meio mastro Governdor ordena bandeiras a meio mastro por tempo indeterminado
O Governador detalhou que a baixa da bandeira

A decisão tomada pelo Governador de New Jersey visa homenagear em todo o estado as mortes por coronavírus

As bandeiras em New Jersey serão baixadas a meio-mastro “indefinidamente” para comemorar os residentes que morreram por causa do coronavírus em todo estado. Na sexta-feira (3), o Governador Phil Murphy disse durante a coletiva de imprensa diária que as bandeiras serão baixadas “imediatamente e indefinidamente para honrar aqueles que perdemos e aqueles que perderemos a mais como resultado dessa pandemia”.

Ainda na sexta-feira (3), Murphy anunciou 4.372 novos testes positivos e 113 novas mortes confirmadas nas últimas 24 horas, elevando o total estadual para pelo menos 29.895 casos e 646 mortes. O Governador detalhou que a baixa da bandeira é uma maneira de homenagear os mortos, já que nem todas as vítimas podem ser mencionadas e lembradas pelo nome.

“Esta é uma das maiores tragédias que atingiram nosso estado e nossa nação, portanto, devemos ter um memorial constante e visual do tremendo custo pessoal que o COVID-19 está provocando em nossas comunidades”, disse ele. “Como as famílias neste momento não podem sequer realizar funerais para seus entes queridos perdidos, essa é uma maneira, uma forma singela, mas eu acho uma maneira importante, que eles possam ter certeza que sua perda não seja esquecida”.

Murphy mencionou 2 pessoas que morreram em decorrência do vírus pelo nome no início do discurso. James Brown, diretor da Grover Cleveland Middle School em Caldwell, que faleceu aos 48 anos.

“Os elogios publicados em sua memória pela comunidade revelam o quão profundamente respeitado e amado ele era. Ele deixa sua esposa, três filhos e toda a comunidade escolar”, disse Murphy.

John Paul “Bucky” Pizzarelli, um guitarrista nativo e famoso de Paterson (NJ), que morreu na quarta-feira (1) de complicações devido ao coronavírus. Ele tinha 94 anos.

Murphy novamente pediu aos moradores que se distanciassem, continuassem lavando as mãos com frequência e ficando em casa, exceto pelas viagens necessárias.
“Também podemos honrar essas famílias e as memórias de seus entes queridos, fazendo todo o possível para impedir a propagação do coronavírus através do distanciamento social”, concluiu.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend