Família doa órgãos de adolescente morto em Newark

Foto21 Dylan Bueno  Família doa órgãos de adolescente morto em Newark
Dylan Bueno e era aluno da Ann Street School, no bairro do Ironbound, e faleceu na tarde de sexta-feira (9) (Foto: Facebook)
Foto21 NJ Sharing Network Família doa órgãos de adolescente morto em Newark
A família de Dylan Bueno recebeu um diploma de agradecimento da NJ Sharing Network pela doação dos órgãos dele (Foto: Facebook)

Os órgãos de Dylan Bueno ajudaram a salvar a vida de diversas pessoas

Apesar da dor imensa da perda, a família de Dylan Bueno, de 14 anos, num gesto extremo de generosidade, doou os órgãos do jovem. Na quarta-feira (14), Ariane Ferreira Bueno postou em sua página do Facebook a imagem de um diploma emitido pela NJ Sharing Network, em agradecimento à doação. A morte inesperada e prematura do adolescente, filho de imigrantes brasileiros, chocou a comunidade brasileira no bairro do Ironbound, em Newark.

“Dylan vive em outras pessoas agora. Ele ajudou 2 crianças a enxergarem. Ajudou 2 pessoas com problemas de coração. Ajudou crianças com câncer. Ajudou mulheres que tiveram câncer de mama para a reconstrução da mama. Nosso filho vive em Deus”, postou Bueno no Facebook.

Até à tarde de segunda-feira (19), a postagem teve 1.4 mil curtidas e vários internautas postaram comentários.

“Sem palavras para tanta generosidade”, postou Elene Santos.

“Olha isso!” Postou Jerusa da Silva e Paloma Siqueira de Souza.

“Muito lindo! Deus abençoe e conforte essa família”, postou Sônia Castro.

“Que atitude mais sábia; exemplo de amor!!! Em meio à tanta dor; ainda assim consegue pensar no próximo. Sem palavras”, postou Andréia Lebron.

“Parabéns pelo seu gesto. Que Deus conforte o seu coração, de toda a família e amigos”, postou Maria das Graças.

“Onde ele estiver, vai ter orgulho da mãe dele”, postou Genilda da Silva.

“Parabéns por esta atitude, mesmo em um momento de tanta dor. Você teve amor em seu coração para ajudar o próximo. Deus abençoe e conforte o seu coração”, postou Kátia Madeira.

Na tarde de sexta-feira (9), Dylan Bueno foi encontrado inconsciente em seu quarto por familiares. Ele é filho do casal Ariane Ferreira Bueno e Adriano Ribeiro e estudava na Ann Street School. O jovem deixou os pais, parentes e o irmão caçula, Henry, além de amigos de infância.

Na ocasião, Ariane postou em sua página no Facebook: “A depressão mata. Meu filho sempre foi alegre, brincalhão, o palhaço da turma. Isso ele herdou de mim. Mas, havia algo dentro dele que não estava bem. Algo que eu não consegui tirar. Sempre conversei com ele sobre tudo. Nunca escondi nada dele. Mas ele escondeu de mim, essa depressão que eu não sei por onde começou (e) nem o porquê”, relatou.

Demonstrando coragem e sinceridade, Ariane não escondeu a forma com que o filho faleceu. “E todos querem sabem como ele morreu. Pois bem, para que vocês não precisem mais me mandar mensagens perguntando, Dylan tirou a própria vida, em casa, enquanto eu estava fazendo comida na cozinha. Eu o encontrei, eu e meu marido tentamos reanima-lo, desesperadamente, incansavelmente, mas ele já tinha partido. O meu bebê, que eu criei, cuidei de cada arranhão, levei pra escola enrolado no cobertor pra não sentir frio, ia ao recreio da escola olhar por ele, dei castigo quando precisou (mas não durava muito tempo porque ele sempre me convencia com aquela carinha linda)”, relatou ela.

Dylan Bueno foi sepultado na quarta-feira (14), no Holly Cross Cemetery, em North Arlington.

 

 

Related posts

Send this to a friend