FALTA POUCO!
Carteira para indocumentados em New Jersey fica mais próxima

Foto26 Carteira de Motorista NJ <strong>FALTA POUCO! <br></strong>  Carteira para indocumentados em New Jersey fica mais próxima
A proposta segue para votação na Assembleia com o apoio de líderes democratas e do Governador Phil Murphy

O Comitê Judiciário da Assembleia aprovou o projeto de lei por 4 a favor contra 2, com divisões partidárias, e ele segue para votação na Assembleia Estadual

Entoando “Si, se puede!” (Sim, nós podemos!) e “Licensias si, promesas no!” (Carteiras sim, promessas não!) ativistas gritaram na sede do governo em Trenton (NJ), durante o debate sobre o projeto de lei que permite aos imigrantes indocumentados obterem a carteira de motorista no estado. Na segunda-feira (9), os defensores da proposta choraram, gritaram e entoaram slogans de apoio a A-4743 que estava arquivada há vários anos, mas agora acelerou e transita rapidamente pela Legislatura Estadual durante a sessão atual.

David Cuautle, de 9 anos, secou as lágrimas do rosto enquanto explicava o quanto ele perde eventos extra-escolares porque os pais dele não possuem carteiras de motorista.

“Eu estou bastante cansado de vocês fazerem essas promessas há pelo menos 18 anos”, disse o menino. “Vocês irão esperar até que eu complete 18 anos? Tem sido muito tempo. Você acha que isso é difícil. Isso é árduo para todos”.

“David, você está completamente certo. David, eu estou cansado também de promessas que não são mantidas”, disse a Deputada Estadual Carol Murphy (D-Burlington), uma das redatoras da proposta. “Eu irei manter a minha promessa”.

O Comitê Judiciário da Assembleia aprovou o projeto de lei por 4 a favor contra 2, com divisões partidárias. Ele segue para votação na Assembleia com o apoio de líderes democratas e do Governador Phil Murphy, um democrata que já adiantou que assinará a proposta. Entretanto, antes disso, o projeto de lei deve ser aprovado pelo Senado e Assembleia estaduais.

Existem mais de 466 mil imigrantes indocumentados em idade suficiente para dirigir em New Jersey, revelou um estudo divulgado pelo NJ Policy Perspective, com tendência de esquerda. Quatorze estados, incluindo Nova York e Delaware, aprovaram leis permitindo aos moradores adquirirem carteiras de motorista, independente do status migratório.

“Nós sabemos que essa lei mudará milhares de vidas no Estado Jardim, um estado com comunidades urbanas, suburbanas e rurais que exige que os moradores dirijam do ponto A ao ponto B”, disse a Deputada Anette Quijano (D-Union), outra redatora da proposta.

“Nós temos ouvido ao longo de dois anos os residentes e ativistas levantarem suas vozes a favor dessa legislação”, acrescentou. “Eu quero dizer claramente que nós ouvimos vocês”.

A proposta permitiria a emissão de duas categorias de carteiras de motorista e cédulas de identidade: Uma de acordo com o Real ID Act, a qual permite aos portadores embarcar em aviões e outra para dirigir que seria emitida aos imigrantes, independente do status migratório, incluindo idosos e pessoas que não possuem documentos. A lei não abrange as carteiras de motoristas comerciais. O Real ID indicará o status migratório do portador, enquanto as carteiras de motorista não. Qualquer pessoa que obtenha a carteira de motorista terá que passar no sistema de identificação de 6 pontos exigido pela Comissão de Veículos Automotores.

O Deputado Erik Peterson (R-Hunterdon), que votou contra a proposta, argumentou que liberar o acesso das carteiras aos indocumentados poderia prejudicar a integridade do processo eleitoral e “abrigar pessoas que estão burlando a lei”. Outros críticos alegaram que isso aumentaria o tráfico humano no estado e conflitaria com a lei federal.

As preocupações dos oponentes foram abafadas pelas dezenas de ativistas que compareceram ao local para lutar pela proposta. As pessoas que testemunharam a favor disseram que as carteiras não são um luxo, mas um instrumento essencial para o dia-a-dia.

 

Related posts

Send this to a friend