Donald Trump quer vetar aviões vindos do Brasil

Donald Trump 1 1 Donald Trump quer vetar aviões vindos do Brasil
“Eu também não quero que o povo de lá fique doente. Nós estamos ajudando o Brasil com respiradores”, acrescentou Trump

O Brasil é no momento o país com mais casos de coronavírus no mundo depois dos EUA e Rússia

Na terça-feira (19), durante uma coletiva de imprensa, respondendo à pergunta de um jornalista, o Presidente Donald Trump cogitou a possibilidade de vetar voos vindos do Brasil aos EUA. O repórter citou o fato de o Brasil ser no momento o país com mais casos de coronavírus no mundo depois dos EUA e Rússia e, portanto, se isso o preocupava a ponto de proibir os voos originários do Brasil. O Presidente respondeu que conversou com o governador da Flórida, Francis Suarez, um dos destinos principais de visitantes brasileiros aos EUA e que ambos compartilhavam da mesma opinião.

“Eu me preocupo com tudo, eu não quero pessoas vindo para cá e infectando o nosso povo”, respondeu o Presidente ao repórter, com relação ao Brasil. “Eu também não quero que o povo de lá fique doente. Nós estamos ajudando o Brasil com respiradores. O Brasil está tendo alguns problemas, sem dúvida”, acrescentou.

Os comentários recentes do Presidente Trump de que o Brasil tem alto número de mortes por coronavírus, indicaram que o avanço da pandemia no Brasil preocupa as autoridades nos EUA. Recentemente, ao receber na Casa Branca o governador da Flórida, Ron De Santis, Trump perguntou-lhe se seria necessário suspender os voos do Brasil. A possibilidade já havia sido citada pelo prefeito de Miami (FL), Francis Suarez. As informações são dos jornais O Estado de S. Paulo e O Dia.

“O Brasil é obviamente um dos locais com grande número de infectados”, disse Suarez, em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

“Eu disse há um tempo que deveríamos suspender os voos de todos os lugares que têm alta concentração de infectados, e isso inclui os voos que saem de Miami também. Se restringirmos os voos dos lugares com muitos casos de covid-19, diminuímos as chances de trazer o problema de fora”, acrescentou.

O Brasil diz que há poucos passageiros que saem do país rumo aos EUA e que os voos servem, em sua maioria, para repatriar brasileiros que estão no exterior. Atualmente, existem 13 voos, segundo a embaixada dos EUA no Brasil, que operam em 4 rotas entre os 2 países.
O único voo com viagens diárias vai para Houston (TX). As outras rotas são para Miami, Orlando e Fort Lauderdale (FL). A Casa Branca e Santis evitam criticar a estratégia adotada pelo Brasil no combate à pandemia. Entretanto, há diplomatas brasileiros que admitem, nos bastidores, que a restrição de voos será adotada se o número de casos no Brasil continuar a aumentar.

Trump citou o Brasil em outras três ocasiões recentes. durante todas elas, frisou o número “muito alto” de mortes pelo vírus. Além disso, nas últimas semanas, exportadores brasileiros receberam contatos de importadores que desejavam saber se a produção seria mantida em meio à piora da pandemia; as perguntas vieram também de empresas nos EUA.

“Nosso presidente é próximo ao presidente do Brasil e ao governador De Santis. Não acho que essas sejam discussões ofensivas, mas sim para proteção da saúde”, disse Suarez.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend