Cuomo ameaça suspender licenças de locais que não impõem distanciamento

Pessoas em bar Cuomo ameaça suspender licenças de locais que não impõem distanciamento
Bares ou restaurantes que violarem as diretrizes de reabertura correm o risco de perder suas licenças de bebidas imediatamente, alertou Cuomo

O Governador anunciou quinta-feira (18) que os bares e restaurantes em New York City seriam responsáveis por manter as diretrizes de distanciamento social

Os bares serão responsabilizados por aglomerações e outras violações de distanciamento social fora de seus estabelecimentos, disse o governador Andrew Cuomo em sua entrevista coletiva diária, ameaçando ordens de desligamento ou suspensão de licenças de bebidas alcoólicas para estabelecimentos que não cumprem. A cidade de Nova York permanece em uma fase limitada de reabertura, com refeições ao ar livre ou venda de bebidas a partir de segunda-feira, 22 de junho. Bares e restaurantes, no entanto, podem oferecer comida para viagem (delivery), e o estado começou a permitir bebidas alcoólicas em março. Essas regras, combinadas com o clima quente e a população em quarentena durante os últimos 3 meses, levaram a multidões a se reunir fora dos estabelecimentos em toda a cidade.

Cuomo, portanto, disse hoje (19) que está assinando uma ordem executiva para expandir as áreas de fiscalização da Autoridade Estatal de Bebidas, determinando a responsabilidade de manter diretrizes de distanciamento físico e outras políticas “ao ar livre”, através de um dos slides do Governador compartilhado durante sua coletiva de imprensa.

Bares ou restaurantes que violarem as diretrizes de reabertura correm o risco de perder suas licenças de bebidas imediatamente, alertou Cuomo.

O estado recebeu mais de 25 mil denúncias de violações de segurança à saúde desde o início da pandemia em março, disse Cuomo no domingo (14), com Manhattan e os Hamptons (NY) tendo acumulado o maior número de queixas. Postagens de mídia social mostraram pessoas nas ruas de St. Mark’s Place, em East Village (NYC), no último final de semana; poucas delas usavam máscaras ou mantinham o distanciamento físico adequado. Os relatórios levaram Cuomo a ameaçar reverter ou encerrar as reaberturas, citando picos de vírus no Texas, Califórnia e em outros lugares.

A cidade enviou mais de 2 mil fiscais para distanciar as pessoas, a fim de lembrá-las a usar máscaras e ficar a pelo menos 2 metros de distância.

 

Related posts

Send this to a friend