Coronavírus: Passageira do Aeroporto de Newark é posta de quarentena

Foto2 Aeroporto Internacional de Newark Coronavírus: Passageira do Aeroporto de Newark é posta de quarentena
A passageira não apresentou nenhum sintoma do vírus e chegou ao Aeroporto Internacional de Newark na terça-feira (4)

A passageira veio de Hubei, a província chinesa onde o vírus se originou, e foi posta em quarentena obrigatória de 14 dias, informaram as autoridades

Pela primeira vez, uma pessoa em New Jersey foi colocada em quarentena obrigatória devido à ameaça do coronavírus, confirmou o departamento de saúde do estado na manhã de quarta-feira (5). A mulher, que não é residente no estado, voou de Hubei, China, para o Aeroporto Internacional Newark Liberty na terça-feira (4), informou o departamento.

A passageira não apresentou nenhum sintoma do vírus, informou o órgão de saúde, mas como veio de Hubei, a província chinesa onde o vírus se originou, foi posta em quarentena obrigatória de 14 dias, disse o departamento.

A mulher foi levada para um local não revelado no Condado de Essex, onde o Departamento de Saúde de New Jersey a monitorará quanto aos sintomas nos próximos 14 dias.

“O risco de nova transmissão de coronavírus nos residentes de New Jersey permanece baixo”, disse Nicole Kirgan, porta-voz do departamento.

O Estado Jardim não tem casos confirmados de coronavírus, mas 490 pessoas em todo o mundo já morreram do vírus e existem mais de 24 mil casos confirmados, entre eles, 16.678 estão em Hubei.

A passageira chegou à Newark no voo 87 da United Airlines por volta das 6:00 pm, na terça-feira (4), disse a fonte, que falou sob condição de anonimato porque não estava autorizada a falar publicamente sobre o assunto.

O Governador Phil Murphy lançou na segunda-feira uma força-tarefa para coordenar a resposta à ameaça em New Jersey. O Estado também criou um site e a linha direta: 1-800-222-1222 para responder a perguntas sobre o vírus.

Na Universidade de Princeton, um estudante que viajou recentemente para a China ainda está sendo avaliado quanto ao coronavírus entre os mais de 100 alunos que foram obrigados a entrar em quarentena no fim de semana, informaram os funcionários da instituição de ensino.

 

Related posts

Send this to a friend