Colegas de turma se mobilizam e libertam estudante presa pelo ICE

Foto20 Meydi Guzman Colegas de turma se mobilizam e libertam estudante presa pelo ICE
A estudante Meydi Guzman, de 18 anos, foi recebida por colegas da Crystal Lake Central High School, em Chicago (Il.)

A hondurenha Meydi Guzman e o pai dela, Fábio Guzman Reyes, foram detidos quando compareceram a uma audiência em 16 de outubro de 2016

Alunos de uma escola secundária no subúrbio de Chicago (Il.) deram as boas vindas à uma colega de turma que passou 4 meses presa num centro de detenções, enquanto lutava contra a possível deportação para Honduras. Funcionários e estudantes da Crystal Lake Central High School angariaram mais de US$ 10 mil através do website GoFundMe.com para pagar a fiança de Meydi Guzman, de 18 anos, e os custos com advogados que atuam no caso migratório dela.

A jovem fugiu de Honduras com o pai, Fábio Guzman Reyes, há 2 anos buscando asilo nos EUA, depois que membros de uma gangue atacaram sexualmente Guzman, segundo os advogados dela, Kevin Bruning e Nathan Reyes.

Na quinta-feira (13), o Departamento de Imigração (ICE) libertou Meydi depois que Sara Huser, conselheira na escola da jovem, pagou a fiança de US$ 2 mil.

“Eu estou realmente feliz e agradecida por todas as pessoas que me ajudaram”, disse Guzman aos repórteres na calçada do prédio federal no centro de Chicago. Huser levou a adolescente para a casa dela.

“Eu sou realmente, realmente abençoada e também muito feliz que ela esteja juntando-se à minha família, retornar a Crystal Lake, voltar à escola, retornar à vida dela”, disse Huser durante uma coletiva de imprensa.

Guzman e o pai dela chegaram à fronteira dos EUA e o México, onde foram detidos por agentes da Patrulha da Fronteira (CBP) em 2018. Eles foram liberados e agendados para comparecerem à audiência no tribunal de imigração. Devido à uma possível confusão na papelada do tribunal, eles não compareceram à audiência marcada para 28 de fevereiro de 2019, em Chicago (Il.), detalharam Bruning e Reyes. Pai e filha compareceram ao tribunal em 16 de outubro, quando foram detidos e transferidos para o centro de detenções da imigração no sul de Illinois.

“Isso foi muito difícil. A verdade é que eu não estava preparada para isso. Eu não imaginava que completar 18 anos me levaria à prisão”, relatou a jovem na coletiva de imprensa.

A liberação de Guzman permitirá que ela retorne à escola e, possivelmente, consiga se graduar com os colegas de aula em maio. Entretanto, o pai dela ainda está sob a custódia do ICE na Penitenciária do Condado de Kankakee. A penitenciária tem contrato com o ICE e abriga centenas de imigrantes.

O Deputado Jesus “Chuy” Garcia (D-Il) realizou uma visita surpresa à penitenciária em companhia de outros legisladores latinos, dias antes que Reyes foi detido em 16 de outubro. O legislador decidiu visitar o local depois de ter ouvido denúncias sobre as condições em que os detentos eram mantidos e problemas de atendimento médico.

Garcia disse ao canal de TV NBC News que mostraram a ele uma versão “higienizada” do que acontece dentro. Em virtude disso, foi difícil “determinar se os imigrantes recebiam atendimento médico apropriado, mas percebeu que eles passam muito pouco tempo fora e somente têm acesso à luz do sol através de um pequeno teto solar em algumas salas”.

A preocupação com relação a segurança dos detentos disparou desde dezembro de 2019 quando o “ICE enfraqueceu os padrões de segurança  para os imigrantes detidos, consequentemente, ameaçando a saúde e dignidade deles”, disse Garcia.

“O ICE deveria ser ordenado a se consultar com especialistas médicos e em saúde mental, comitês do Congresso, assim como ativistas defensores dos imigrantes e da saúde, antes de implantar quaisquer padrões de detenção”, acrescentou.

Reyes e Bruning apresentaram uma petição de asilo em nome de Guzman e pediu que um juiz cancelasse a ordem de deportação da jovem. Ambos os advogados estão lidando com o caso gratuitamente, segundo o canal de TV local WMAQ, afiliado ao NBC.

“Nós assumimos esse caso sem pensar duas vezes. Isso tem a ver com fazer a coisa certa para esta mulher jovem”, disse Reyes através de um comunicado.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend