Brasileirinha segue a luta contra a leucemia em NJ

Foto10 Ana Brasileirinha segue a luta contra a leucemia em NJ
A mãe de Ana não poderá trabalhar para poder cuidar da filha (GoFundMe.com)

Ana, de 2 anos, necessita encontrar o mais breve possível um doador de medula óssea compatível

Logo após ter imigrado com a família aos EUA, Ana, de apenas 2 anos de idade, moradora em New Jersey, foi recentemente diagnosticada com leucemia. Em decorrência disso, ela necessita encontrar o mais breve possível um doador de medula óssea compatível. Em 14 de novembro, Kyle Linhares, morador em Ridgefield Park (NJ), iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/f/help-ana-beat-leukemia, cujo objetivo é arrecadar US$ 20 mil para ajudar a manter a família da menina durante o tratamento. Até à tarde de quinta-feira (19), haviam sido angariados US$ 5.580.

“Ana tem dois anos de idade e acaba de ser diagnosticada com leucemia. Sua família recentemente chegou aos Estados Unidos do Brasil. A mãe de Ana não poderá trabalhar para poder cuidar de sua filha. Pedimos suas orações para que Ana e sua família sejam abençoadas com a cura rápida e pronto restabelecimento da saúde”, diz a postagem no GoFundMe.com.

. Brasileiros no exterior:

A base genética brasileira é muito diversa, em virtude das várias etnias que compõem a população, portanto, é importante que cada vez mais brasileiros se cadastrem como possíveis doares de medula óssea. Para efetuar o registro é necessário que os interessados preencham os seguintes requisitos: Tenham entre 18 e 44 anos. O registro é gratuito e não importa o status migratório. Necessita residir nos USA. O registro pode ser feito online: join.bethematch.org/saveme. Registre-se como um possível doador de medula óssea pelo telefone: Envie mensagem de texto: Cure135, para: 61474.

O provável doador necessita residir nos USA. Em uma semana, o interessado receberá em sua residência um envelope selado com um kit para o teste genético. Basta fazer a fricção dos cotonetes na parte interna da bochecha e colocar na caixa do correio, explicou Roosevelt, coordenador da Fundação Icla da Silva nos EUA.

“Estamos perdendo nossas crianças e adultos por falta de solidariedade. Ajude a salvar uma vida!” Encorajou o ativista. Mais informações podem ser obtidas através do tel.: (407) 276-4860, falar com Roosevelt Ramos ou do e-mail: [email protected]”, informou o ativista.

 

Related posts

Send this to a friend