1 entre 8 estudantes é filho de indocumentado na CA

Foto21 Protesto DACA 1024x575 1 entre 8 estudantes é filho de indocumentado na CA
A maioria dos 214 mil Dreamers protegidos pelo DACA está em idade de ingresso na universidade

A atmosfera atual interfere na habilidade dos alunos em focalizar nas tarefas escolares

Indicando desafio para os educadores, cerca de 1 entre 8 estudantes nas escolas da Califórnia é filho de pelo menos um dos pais indocumentado, revelou a pesquisa realizada pela Education Trust-West. As crianças indocumentadas, assim como aquelas nascidas nos EUA e filhas de pais indocumentados têm vivenciado ansiedade como resultado das políticas de deportação que iniciaram com o então Presidente George W. Bush e se intensificaram na administração do Presidente Barack Obama. Entretanto, segundo as autoridades escolares, essa ansiedade atingiu índices mais altos desde que o Presidente Donald Trump tomou posse. A atmosfera atual interfere na habilidade dos alunos em focalizar nas tarefas escolares, na disposição dos pais em comparecer nos eventos das escolas ou até mesmo levar os filhos às escolas.

A Education Trust-West, uma ONG com sede em Oakland (CA), calcula que 750 mil alunos nas escolas preK-12 na Califórnia possuem um dos pais indocumentado, entre o total de 6.2 milhões de estudantes matriculados no estado. Alguns desses alunos são indocumentados, apesar de a maioria das crianças no nível K-12 serem cidadãos americanos natos. Segundo a pesquisa da Ed-Trust West, somente 240 mil das crianças com idade entre 3 e 17 anos são indocumentadas.

Esses dados não incluem a maioria dos adolescentes e adultos jovens que foram beneficiados pelo programa Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA). A maioria dos 214 mil jovens protegidos pelo programa está em idade de ingresso na universidade.

Em agosto do ano passado, durante uma entrevista com a The Associated Press, Trump disse que os jovens indocumentados protegidos pelo DACA poderiam “descansar em paz”.

“Nós não estamos atrás dos Dreamers; nós estamos atrás dos criminosos”, disse ele. “Essa é a nossa política”.

Entretanto, ele determinou o prazo até março para que o Congresso apresente uma solução definitiva para os Dreamers, antes que ele cancele o DACA.

 

Related posts

Send this to a friend